PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Reforma tributária pode isentar de IRPF 16 milhões de pessoas, diz Guedes

Ministro da Economia, Paulo Guedes diz que proposta enviado à Câmara prevê isenção para oito milhões de trabalhadores - Edu Andrade/Ministério da Economia
Ministro da Economia, Paulo Guedes diz que proposta enviado à Câmara prevê isenção para oito milhões de trabalhadores Imagem: Edu Andrade/Ministério da Economia

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

25/06/2021 11h12Atualizada em 25/06/2021 11h24

O ministro da Economia, Paulo Guedes, declarou hoje que o governo isentará da cobrança de IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física) os assalariados com renda mensal de até R$ 2,5 mil. Atualmente, são isentos trabalhadores com renda mensal de até R$ 1.903,99. A proposta faz parte de projeto de lei da reforma tributária entregue por ele ao Congresso Nacional.

Se aprovada, a proposta garantirá isenção para 5,6 milhões de trabalhadores. Atualmente, 10,7 milhões de brasileiros não pagam o tributo porque tem renda de até R$ 1.903,99. No total, 16,3 milhões de brasileiros não pagarão o IRPF se a proposta for aprovada por deputados e senadores.

O imposto de renda para empresas também será reduzido, disse Guedes, sem detalhar os percentuais. Segundo ele, a redução dos impostos será possível a partir da tributação de rendimentos sobre capital. Entretanto, ele não esclareceu que impostos serão criados.