PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Mídia e Marketing

Reportagem do UOL sobre ditadura é finalista de prêmio de direitos humanos

Ditadura militar internou 24 presos políticos em manicômios - Arte/UOL
Ditadura militar internou 24 presos políticos em manicômios Imagem: Arte/UOL

Do UOL, em São Paulo

07/10/2021 17h38Atualizada em 07/10/2021 17h58

A reportagem do UOL "Da tortura à loucura: ditadura internou 24 presos políticos em manicômios" é uma das cinco finalistas do 10º Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos, promovido pela Associação de Magistrados do Rio de Janeiro.

Escrita pela jornalista do núcleo investigativo Amanda Rossi, a reportagem consiste em um levantamento inédito que descobriu 24 casos de presos políticos internados pela ditadura militar brasileira em manicômios. Pelo menos 22 foram submetidos antes a torturas em prisões comuns. O trabalho revela um novo capítulo sobre a violação de direitos humanos pela ditadura militar.

Criado em 2012, o AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos é um prêmio que celebra a memória da juíza Patrícia Acioli. Titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, ela foi morta em 2011, em Niterói, por policiais militares.

Outros finalistas

O colunista do UOL Rubens Valente também é finalista da categoria "Reportagens Jornalísticas", com a série "Inocentes Presos", publicada pelo jornal "Folha de S.Paulo". A série de reportagens traz um diagnóstico inédito dos motivos das prisões injustas no país, resultado de mais de um ano de apurações. O material destrinchou uma centena de casos, agrupando-os em categorias e contando as histórias de cada um dos injustiçados.

Os outros concorrentes são "O Estado arma o crime", dos jornais "O Globo" e "Extra"; "Ouro do sangue yanomami", dos veículos "Amazônia Real" e "Repórter Brasil"; e "Hanseníase: internação à força e filhos separados dos pais", do portal "Projeto Colabora".

Os vencedores serão conhecidos em 8 de novembro.

PUBLICIDADE

Mídia e Marketing