PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

CCR vai administrar aeroporto de Curitiba e outros 8 do Sul do país

O aeroporto de Joinville é um dos que foi concedido à CCR Aeroportos - Divulgação
O aeroporto de Joinville é um dos que foi concedido à CCR Aeroportos Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

12/11/2021 18h47

A União e a CCR Aeroportos assinaram hoje o contrato de concessão de nove aeroportos no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A transferência do controle da Infraero para a CCR é válida pelos próximos 30 anos.

Fazem parte do bloco os terminais aéreos de Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina e Bacacheri, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina e de Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul.

São previstos investimentos de R$ 2,9 milhões, somando todos os aeroportos. Entre as melhorias, a empresa deverá realizar ações gerais que vão desde reforma de banheiros à oferta de internet gratuita aos viajantes.

Ainda nos primeiros três anos da concessão, a CCR Aeroportos deverá também fazer melhorias específicas em cada aeroporto. Os investimentos passam por ampliação de terminais de passageiros, modernização de pontes de embarque, equipamentos e pistas de pouso, aumento de capacidade operacional e de pátios de aeronaves, entre outros.

Juntos, esses terminais aéreos movimentaram 1,4 milhão de passageiros em 2021 - o que deve saltar para 27 milhões de passageiros/ano até 2050. A previsão é de que a movimentação de carga passe das 14,1 mil toneladas neste ano para 103,7 mil toneladas em 2050, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

O lance mínimo do leilão de concessão era de R$ 130,2 milhões, mas o valor final de compra foi 1.534,36% superior.

Desde 2019, o governo federal já concedeu 34 aeroportos, seis rodovias e seis ferrovias para a iniciativa privada. Além disso, também foram feitos 31 arendamentos e 99 autorizações para terminais de uso privado.

PUBLICIDADE