PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Bolsas na Ásia fecham em queda com preocupação sobre variante ômicron

Bolsa de Tóquio registrou maior queda no mercado asiático, com desvalorização de 1,63% - Kazuhiro Nogi/AFP
Bolsa de Tóquio registrou maior queda no mercado asiático, com desvalorização de 1,63% Imagem: Kazuhiro Nogi/AFP

Do UOL, em São Paulo*

29/11/2021 07h57

As principais Bolsas da Ásia, incluindo China, fecharam em queda hoje em meio às preocupações com a recém-descoberta variante ômicron do novo coronavírus que pode ser resistente a vacinas. Analistas, porém, preveem impacto limitado sobre as ações chinesas.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,18%, enquanto o índice de Xangai perdeu 0,04%.

A variante ômicron do coronavírus se espalhou pelo mundo mesmo com mais países adotando restrições de viagens para tentarem se proteger.

Na sexta-feira passada (26), Bolsas de todo o mundo foram impactadas pela descoberta da nova variante.

A Guosheng Securities disse que a nova variante se tornou uma incerteza para os mercados e que os investidores devem permanecer cautelosos no curto prazo.

Para a Zheshang Securities, a nova variante terá impacto limitado sobre as ações A devido a severas medidas de contenção do coronavírus adotadas pela China.

As ações de turismo recuaram 3,4% devido ao ressurgimento das infecções por covid-19 na China e à nova variante.

Japão tem maior queda

A Bolsa de Tóquio encerrou a sessão de segunda-feira em baixa de 1,63%, a maior entre os principais mercados da Ásia. O índice Nikkei 225 perdeu 467,70 pontos, a 28.283,92 unidades.

O Japão anunciou hoje o fechamento de suas fronteiras a todos os visitantes estrangeiros para tentar frear a variante ômicron da covid-19.

"Vamos proibir a entrada de estrangeiros de todo o mundo partir de 30 de novembro", afirmou o primeiro-ministro japonês Fumio Kishida.

Veja o fechamentos das Bolsas dos principais mercados da Ásia e da Austrália.

- Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 1,63%, a 28.283 pontos.

- Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,95%, a 23.852 pontos.

- Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,04%, a 3.562 pontos.

- O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzen, retrocedeu 0,18%, a 4.851 pontos.

- Em Seul, o índice Kospi teve desvalorização de 0,92%, a 2.909 pontos.

- Em Taiwan, o índice Taiex registrou baixa de 0,24%, a 17.328 pontos.

- Em Singapura, o índice Straits Times desvalorizou-se 1,44%, a 3.120 pontos.

- Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 recuou 0,54%, a 7.239 pontos.

Com informações da Agência AFP e Reuters.

PUBLICIDADE