PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Cotações

Dólar opera em queda, a R$ 5,652; Bolsa acompanha alta no exterior

UOL

Em São Paulo

27/12/2021 09h16Atualizada em 27/12/2021 13h31

O dólar comercial operava em queda e a Bolsa em alta na manhã de hoje. Por volta das 13h30 (de Brasília), a moeda norte-americana caía 0,2%, vendida a R$ 5,652, com a melhora de sinal das commodities.

No mesmo horário, o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira subia 0,69%, registrando 105.614,86 pontos, após dois pregões negativos, em linha com desempenho dos principais índices futuros de ações nos Estados Unidos.

Os mercados internacionais mantêm o avanço da variante ômicron do coronavírus no radar, enquanto o noticiário local continua enxuto. A Bolsa deve seguir com liquidez baixa nas sessões que antecedem a virada do ano, assim como foi na semana passada.

Na quinta-feira (23) o dólar comercial fechou com desvalorização de 0,08%, vendido a R$ 5,663, e a Bolsa teve baixa de 0,33%, fechando a 104.891,320 pontos.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Focus é destaque

No Brasil, mercado analisa dados e projeções para 2022. Economistas consultados pelo Banco Central reduziram suas estimativas para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do país no ano que vem de 0,5% para 0,42%, enquanto para este ano houve revisão de 4,58% para 4,51%, segundo a pesquisa semanal Focus. Para a inflação, analistas reduziram projeção de 10,04% a 10,02% para 2021 e mantiveram em 5,03% para 2022.

O índice que mede a confiança da indústria no Brasil também revela cenário desafiador para o próximo ano, ao fechar 2021 com sua quinta queda consecutiva mensal em dezembro e no nível mais fraco desde agosto de 2020, segundo dados divulgados pela Fundação Getulio Vargas.

Este conteúdo foi gerado pelo sistema de produção automatizada de notícias do UOL e revisado pela redação antes de ser publicado.

Com Reuters

PUBLICIDADE

Cotações