PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Cotações

Bolsa opera em alta de 1,63%; dólar também sobe, vendido perto de R$ 5,45

Do UOL, em São Paulo*

26/01/2022 09h19Atualizada em 26/01/2022 12h06

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira, operava em alta de 1,63% por volta das 11h40 (horário de Brasília) de hoje, atingindo 112.039,01 pontos, diante da disparada das ações nos Estados Unidos, com expectativa pelo tom a ser adotado pelo Federal Reserve (Fed) em sua decisão de política monetária mais tarde.

No mesmo horário, o dólar comercial subia 0,31%, negociado a R$ 5,452.

Ontem (25), o índice fechou com valorização de 2,1%, a 110.203,773 pontos, enquanto a moeda caiu 1,24%, fechando a R$ 5,435 na venda.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Atenções voltadas aos EUA

"Hoje o centro das atenções será o Fed", disse à agência de notícias Reuters Alexandre Netto, chefe de câmbio da Acqua-Vero Investimentos.

Segundo o especialista, há fortes expectativas de que o banco central norte-americano sinalizará o início de um ciclo de aumento de juros a partir de março, com os mercados já precificando quatro altas nos custos dos empréstimos neste ano. Isso configuraria uma postura mais agressiva no combate à inflação elevada, do que o inicialmente previsto pelos mercados, disse Netto.

No geral, isso tende a valorizar o dólar, já que os juros mais altos nos EUA atraem para lá recursos hoje investidos em outros países, como o Brasil. Com menos dólar aqui, a tendência é a moeda subir.

Investidores também monitoravam o noticiário em torno das tensões na Ucrânia, que têm potencial de "fazer preço em um movimento de aversão ao risco" ao longo da sessão, disse Netto.

A decisão será anunciada às 16h (horário de Brasília), e o presidente da instituição, Jerome Powell, dará entrevista à imprensa meia hora depois da divulgação do comunicado.

Em compasso de espera, os principais índices de ações norte-americanos subiam firme, após queda das bolsas em Wall Street na véspera e desempenho negativo nas últimas semanas.

O otimismo no exterior ajudava a alavancar o Ibovespa, que caminhava para sua segunda alta consecutiva, estendendo ganhos da véspera e de 2022.

No Brasil, inflação desacelera

No Brasil, dados desta manhã mostraram que o IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15), considerado a prévia da inflação oficial, ficou em 0,58% em janeiro, desacelerando em relação ao 0,78% registrado no mês anterior. Pesquisa da Reuters com economistas estimava alta de 0,43% em janeiro.

Os papéis de empresas exportadoras de commodities davam impulso ao índice local de ações, enquanto as ações de Bradesco e Itaú Unibanco eram as principais pressões negativas.

Nesta sessão, o Banco Central fará leilão de até 15 mil contratos de swap cambial tradicional para rolagem do vencimento de 1° de abril de 2022.

*Com Reuters

Este conteúdo foi gerado pelo sistema de produção automatizada de notícias do UOL e revisado pela redação antes de ser publicado.

Cotações