PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Bilionário japonês anuncia doação de cerca de R$ 45 milhões para Ucrânia

O CEO do grupo Rakuten, Hiroshi Mikitani - Charly Triballeau/aFP
O CEO do grupo Rakuten, Hiroshi Mikitani Imagem: Charly Triballeau/aFP

Do UOL, em São Paulo

27/02/2022 01h07Atualizada em 27/02/2022 01h11

O bilionário japonês Hiroshi "Mickey" Mikitani, de 56 anos, anunciou neste sábado (26) que vai doar 1 bilhão de ienes —cerca de R$ 45 milhões— para a Ucrânia. O gesto do magnata está sendo feito por causa dos ataques da Rússia ao país vizinho do leste europeu.

Em seu perfil no Twitter, Mikitani compartilhou uma carta enviada ao presidente ucranianao, Volodymyr Zelensky, falando sobre a doação ao país.

"Estamos realmente limitados no que podemos fazer, mas depois de consultar nossa família, decidimos doar 1 bilhão de ienes para a Ucrânia. Nossos corações estão com você", escreveu o bilionário.

Mikitani é fundador e CEO da Rakuten, maior varejista de comércio eletrônico do Japão. De acordo com a revista Forbes, ele tem um patrimônio estimado em 5,4 bilhões de dólares. Ele foi o sétimo japonês mais rico em 2021, segundo a publicação.

Na carta endereçada a Zelensky, Mikitani lembra da visita que fez a Kiev, capital da Ucrânia, em 2019, quando conheceu o presidente ucraniano.

"Fiquei realmente fascinado pela bela cidade de Kiev, mas também pelo seu profundo conhecimento de tecnologia digital"
Hiroshi "Mickey" Mikitani ao presidente ucraniano

O bilionário diz que a Ucrânia está sendo "atropelada" por uma "força injustificada". Ele diz que o presidente está sendo corajoso diante dos ataques dos russos, e avisa que a doação foi pensada como ajuda humanitária para as vítimas da guerra.

"Espero sinceramente que a Rússia e a Ucrânia possam resolver esta questão pacificamente e que o povo da Ucrânia possa ter a paz novamente o mais rápido possível. Continuarei a prestar apoio à Ucrânia e ao seu povo", escreveu Mikitani.