PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Bilionários

Luiza Trajano deixa lista de bilionários após queda nas ações do Magalu

Fortuna da empresária caiu por causa do tombo nas ações do Magazine Luiza - Eduardo Knapp/Folhapress
Fortuna da empresária caiu por causa do tombo nas ações do Magazine Luiza Imagem: Eduardo Knapp/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

15/06/2022 11h03Atualizada em 15/06/2022 11h42

A empresária Luiza Trajano, da rede Magazine Luiza, saiu hoje da lista de bilionários da revista Forbes, que acompanha o patrimônio dos mais ricos do mundo em tempo real. Trajano deixou o ranking por causa do tombo das ações do Magalu, que caíram aproximadamente 90% ao longo dos últimos 11 meses, indo de R$ 24 para R$ 2,55.

Segundo a Forbes, em julho de 2021, Luiza Trajano chegou a ter uma fortuna de US$ 5,6 bilhões (R$ 28,6 bilhões). A revista estima que, em dezembro de 2021, o total já havia caído para US$ 1,4 bilhão (R$ 7,1 bilhões).

Ao longo dos primeiros cinco meses deste ano, a empresária perdeu US$ 1,6 bilhão (R$ 8,1 bilhões).

As ações do Magazine Luiza e de outras empresas do varejo, como Via (VIIA3) e Americanas (AMER3) vêm em uma trajetória de queda principalmente por causa do impacto das taxas de juros mais altas e do endividamento das famílias brasileiras, o que afeta a venda de bens duráveis, como eletrodomésticos, principal segmento do Magazine Luiza.

Bilionários brasileiros

Em abril deste ano, a Forbes publicou sua lista anual dos bilionários brasileiros que trazia 62 nomes. Luiza Trajano ocupava a 26ª posição do ranking, com um patrimônio líquido estimado em US$ 1,4 bilhão (R$ 6,5 bilhões).

Na ocasião, ela também ocupava a posição 2076 no ranking global.

Atualmente, Luiza Trajano possui cerca de 17% das ações da empresa. Ela passou o cargo de CEO para o filho Frederico Trajano e ocupa a presidência do conselho do Magazine Luiza.

Hoje, a lista de bilionários da Forbes é encabeçada por Elon Musk, dono da Tesla e da Space X. Ele é seguido por Bernard Arnault e sua família, que está à frente da LVMH, grupo que controla mais de 70 marcas de roupas e cosméticos, e Jeff Bezos, fundador da Amazon.

Bilionários