PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Preços do diesel, gasolina e etanol já têm queda nos postos, mostra ANP

Posto de gasolina abastecimento carro combustível - Engin Akyurt/Pixabay
Posto de gasolina abastecimento carro combustível Imagem: Engin Akyurt/Pixabay

Do UOL, em São Paulo*

01/07/2022 19h00Atualizada em 01/07/2022 19h32

Os preços médios do diesel, gasolina e etanol caíram no país, segundo o novo levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) para a semana de 26 junho a 2 de julho.

A diminuição dos valores ocorre após o presidente Jair Bolsonaro (PL) ter sancionado no dia 23 de julho o projeto que limita a aproximados 17% a cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre combustíveis. O texto havia sido aprovado pelo plenário da Câmara dos Deputados no dia 15 de junho. Alguns estados, como São Paulo, já passaram a adotar a nova medida.

O diesel caiu de R$ 7,568, registrados na semana passada, para R$ 7,554 na semana de 26 junho a 2 de julho. O total do recuo foi de R$ 0,014. Na última semana, o preço do litro desse combustível passou pela primeira vez, desde 2004, o valor cobrado pela gasolina, em reação a alta dos preços internacionais dos combustíveis, que fizeram a Petrobras reajustar o diesel em 14,2% e a gasolina em 5,2%, no dia 18 de junho.

O preço mínimo cobrado pelo diesel foi de R$ 6,190 em Limeira, no interior de São Paulo, enquanto o máximo registrado foi de R$ 8,990 em Maceió.

A gasolina comum também registrou queda no preço médio nos postos de combustível do país e passou de R$ 7,390 para R$ 7,127 nesta semana. O recuo foi de R$ 0,263 para o bolso do consumidor. Já o menor preço registrado desse combustível foi de R$ 5,580 no município de Matão, no interior de São Paulo, enquanto o valor mais alto foi de R$ 8,890 na capital paulista.

Já o etanol hidratado passou de R$ 4,873, registrado entre os dias 19 a 25 de junho, para R$ 4,723 o litro na semana. O preço do etanol já havia caído em 16 estados na última semana.

Para o etanol, o valor mínimo cobrado foi de R$ 3,690 em Várzea Grande, no Mato Grosso. Já o preço máximo cobrado por esse combustível foi R$ 7,890, em Bagé, no Rio Grande do Sul.

*Com Estadão Conteúdo