IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Mercado Livre remove anúncios de bonecos de luxo de Hitler e Goebbels

Bonecos de luxo hiper-realistas dos líderes nazistas Adolf Hitler (à direita) e Joseph Goebbels, ministro da propaganda na Alemanha Nazista revendidos no site da empresa - Reprodução/Site/Planet Movie Store
Bonecos de luxo hiper-realistas dos líderes nazistas Adolf Hitler (à direita) e Joseph Goebbels, ministro da propaganda na Alemanha Nazista revendidos no site da empresa Imagem: Reprodução/Site/Planet Movie Store

Do UOL, em São Paulo

22/08/2022 18h30Atualizada em 23/08/2022 16h50

O Mercado Livre apagou anúncios de uma loja que vendia bonecos de luxo hiper-realistas do líder nazista Adolf Hitler e Joseph Goebbels, ministro da propaganda na Alemanha Nazista, no site. Conhecido como action figures, os bonecos hiper-realistas são vendidos pela loja Planet Movie Store, de São Paulo, que também revende itens de personagens dos quadrinhos e do cinema.

Ao UOL, o Mercado Livre apontou que, "conforme preveem os seus Termos e Condições de Uso, é proibida a venda de produtos que incitem o ódio ou pregam a violência e a discriminação e isso inclui itens não informativos, relacionados ou que fazem apologia ao nazismo".

Diante disso, assim que identificados, tais anúncios são excluídos e o vendedor notificado. A empresa mantém ainda convênio com o World Jewish Congress [Congresso Judaico Mundial], organização que representa os interesses da população judaica em todo mundo, por meio do qual o Mercado Livre e a organização são aliados no combate ao discurso de ódio racial e antissemitismo a partir da troca de informações, monitoramento, análise e exclusão de anúncios considerados proibidos nos 18 países onde opera. Mercado Livre sobre a remoção dos anúncios

A plataforma de vendas comunicou ainda que tenta combater o mau uso do site através do trabalho de uma equipe de tecnologia, que também buscam manualmente possíveis descumprimentos dos termos do site.

"Além disso, a plataforma atua rapidamente diante de denúncias, que podem ser feitas por qualquer usuário, por meio do botão 'denunciar' presente em todos os anúncios. Ressalta ainda que, apesar de não ser responsável pelo conteúdo gerado por terceiros, conforme prevê o Marco Civil da Internet e a jurisprudência consolidada do Superior Tribunal de Justiça (STJ) para plataformas de intermediação, investe e atua no combate à venda de produtos proibidos", concluiu.

O nazismo tem raízes na Primeira Guerra Mundial, entre 1914 e 1918, e marcou o período de 1933 a 1945 na Alemanha sob o comando de Adolf Hitler, que se apoiou nesses ideias ao travar a Segunda Guerra Mundial.

O regime se apoia em um governo totalitarista, antissemita e eugenista, movimento que defendia que o povo alemão era geneticamente mais evoluído que os outros seres humanos.

Boneco de luxo hiper-realista do líder nazista Adolf Hitler - Reprodução/Site/Planet Movie Store - Reprodução/Site/Planet Movie Store
Boneco de luxo hiper-realista do líder nazista Adolf Hitler
Imagem: Reprodução/Site/Planet Movie Store

Comercialização

Apesar da remoção dos produtos no Mercado Livre, até o fim da tarde de hoje, a empresa seguia comercializando os produtos em seu site próprio, conforme conferiu a reportagem. No entanto, às 18h22 (horário de Brasília), a seguinte mensagem apareceu no site: "o produto não foi encontrado" para ambos bonecos.

Quando ainda estavam disponíveis no site, a reportagem conferiu que o boneco de luxo de Hitler custava R$ 3.314,90 a prazo (R$ 2.999,98 à vista), enquanto o de Goebbels poderia ser comprado por R$ 3.867,39 (R$ 3.499,99 à vista).

No site da empresa, os anúncios de venda dos bonecos estavam com a seguinte mensagem: "Nosso produto é somente para fins históricos e educativos, e não se destina a glorificar, nem explorar os horrores e atrocidades da guerra".

O UOL tenta contato com a empresa Planet Movie Store por e-mail e Instagram. A nota será atualizada em caso de retorno.