Novo calendário Bolsa Família de agosto: veja datas de crédito confirmadas

O programa Bolsa Família já tem data para iniciar os pagamentos referentes ao mês de agosto. De acordo com o calendário oficial, os repasses terão início na segunda quinzena do mês, no dia 18 de agosto, e serão concluídos no dia 31 do mesmo mês. Os valores serão pagos com base no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário. Confira abaixo as datas de pagamento do Bolsa Família em agosto:

  • NIS final 1: 18 de agosto;

  • NIS final 2: 21 de agosto;

  • NIS final 3: 22 de agosto;

  • NIS final 4: 23 de agosto;

  • NIS final 5: 24 de agosto;

  • NIS final 6: 25 de agosto;

  • NIS final 7: 28 de agosto;

  • NIS final 8: 29 de agosto;

  • NIS final 9: 30 de agosto;

  • NIS final 0: 31 de agosto.

O programa Bolsa Família é composto por diversos benefícios, cada um destinado a uma situação específica de cada família beneficiária. Entre eles estão o Benefício de Renda de Cidadania (BRC), que corresponde a um valor per capita de R$ 142, garantindo apoio financeiro a cada membro da família. Além disso, há o Benefício Complementar (BCO), um valor adicional concedido para famílias que, somando todos os benefícios, ainda não atingem o montante de R$ 600, assegurando que cada família receba, no mínimo, esse valor.

Outros benefícios também fazem parte do programa, como o Benefício Primeira Infância (BPI), um acréscimo de R$ 150 destinado a cada criança entre zero e sete anos incompletos. O Benefício Variável Familiar (BVF) é um adicional de R$ 50 concedido a gestantes e crianças e adolescentes com idade entre 7 e 18 anos incompletos.

Há também o Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN), que oferece um extra de R$ 50 a cada membro da família que tenha até sete meses incompletos, sendo que essas transferências terão início em setembro. Por fim, o Benefício Extraordinário de Transição (BET) é válido apenas para casos específicos, garantindo que ninguém receba menos do que recebia no programa anterior (Auxílio Brasil) até maio de 2025.

Em julho, o benefício médio concedido pelo Bolsa Família foi de R$ 684,17, alcançando cerca de 20,9 milhões de famílias beneficiadas, o que totalizou aproximadamente R$ 14 bilhões em recursos destinados às famílias de baixa renda.

Vale ressaltar que desde março houve um aumento na renda mínima para ingresso no programa, abrangendo agora famílias com renda de até R$ 218 por pessoa, enquanto a faixa anterior de pobreza era de até R$ 210 por pessoa.

Para receber o Bolsa Família, é necessário que as famílias cumpram algumas condições nas áreas de saúde e de educação. Dentre os critérios estabelecidos, estão a exigência de frequência escolar para crianças e adolescentes entre quatro e 17 anos, realização do acompanhamento pré-natal para gestantes, acompanhamento nutricional (peso e altura) das crianças até sete anos e o acompanhamento do calendário nacional de vacinação.

É importante que as famílias beneficiárias estejam atentas às informações oficiais divulgadas pelo governo para saberem exatamente quando poderão receber o benefício do Bolsa Família referente ao mês de agosto. As atualizações sobre o calendário de pagamentos serão disponibilizadas pelas autoridades competentes nos canais oficiais de comunicação, garantindo assim a transparência e a agilidade no processo de recebimento desse importante auxílio financeiro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes