Milionários compram área do tamanho do Recife para criar 'oásis de ricaços'

Empresários do Vale do Silício, na Califórnia, nos Estados Unidos, querem criar uma cidade "perfeita", construída do zero, e morar nela.

O grupo de ricaços já comprou pelo menos 21 mil hectares (210 quilômetros quadrados) de terras agrícolas em Solano County, região localizada entre as cidades de San Francisco e Sacramento

Para se ter uma ideia, a área equivale a quase o tamanho do Recife, capital de Pernambuco, que tem 218 quilômetros quadrados.

Segundo a Bloomberg, os investidores começaram a comprar as terras em 2019, pelas quais já teriam desembolsado cerca de US$ 800 milhões (cerca de R$ 3,9 bilhões na conversão direta).

Conforme a agência de notícias, alguns donos de fazendas na região se negaram a fechar negócio com os empresários - caso do proprietário de um rancho de 400 hectares que não aceitou vender o imóvel para a construção do "oásis dos ricaços".

Proposta de R$ 82 milhões

Ainda de acordo com a Bloomberg, a mais recente proposta de compra desses 400 hectares foi de US$ 17 milhões (aproximadamente R$ 82,6 milhões)

Denominado Petersen, o rancho pertence à Agência de Água do Condado de Solano, que cuida do abastecimento de cidades e distritos rurais do local

A administradora do terreno já teria afirmado que rejeitou a oferta milionária para preservar os recursos naturais da propriedade.

Continua após a publicidade

Bolha ou oásis?

Empresários querem espaços caminháveis na cidade que ainda não saiu do papel
Empresários querem espaços caminháveis na cidade que ainda não saiu do papel Imagem: California Forever/Reprodução

A cidade feita do zero na Califórnia ainda não tem nome. O empreendimento é tocado por uma empresa chamada California Forever. Neste momento, segundo a mídia local, as terras já adquiridas têm gado, uma usina eólica e postes de energia elétrica

Pensada para ser uma cidade perfeita, a construção ainda não tem previsão de início. O site oficial do empreendimento traz ilustrações que mostram muitas árvores, crianças andando de bicicleta, pessoas navegando em canoas e restaurantes a céu aberto

Dentre os investidores estão Laurene Powell Jobs, viúva de Steve Jobs; o fundador do LinkedIn, Reid Hoffmann; e empreendedores que investiram em gigantes da tecnologia em estágio inicial, como Google, Facebook e Amazon

Deixe seu comentário

Só para assinantes