Bolsas

Câmbio

Poupança perde R$ 12 bi em janeiro, pior resultado já registrado pelo BC

BRASÍLIA, 4 Fev (Reuters) - Os saques da caderneta de poupança superaram os depósitos em R$ 12,032 bilhões em janeiro, pior dado mensal da série histórica do Banco Central.

Com isso, representou o desempenho mais fraco para todos os meses da séria do BC, que começou em 1995, à frente do resultado de março do ano passado (- R$ 11,438 bilhões).

O dado, divulgado nesta quinta-feira (4), reflete um cenário de restrição orçamentária para os brasileiros, em meio à recessão, elevação do desemprego, inflação e condições mais caras de financiamento.

Financiamento imobiliário

O saque de recursos tem consequências para o financiamento imobiliário, porque as regras do Sistema Financeiro da Habitação (SFH) determinam que parte dos depósitos da poupança seja direcionada ao crédito habitacional.

No acumulado de 2015, os resgates superaram os depósitos na poupança em R$ 53,568 bilhões, valor recorde, refletindo a pressão para a retirada de recursos em meio à derrocada da economia, que deve persistir em 2016. 

Investimentos

Em outra frente, a tradicional caderneta também perde atratividade como alternativa de investimento diante dos juros altos, oferecendo rentabilidade menor que aplicações que têm retorno baseado na Selic (taxa básica de juros).

A taxa básica de juros está em 14,25% ao ano desde julho do ano passado, numa tentativa do BC para combater a alta inflação no país.

A poupança, por outro lado, tem remuneração de 6% ao ano mais um pequeno acréscimo da Taxa Referencial (TR).

Reforma de roupas vira opção para consumidor economizar

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos