Bolsas

Câmbio

Produção industrial da zona do euro recua em março, mostrando fraqueza do crescimento

Por Philip Blenkinsop

BRUXELAS, 12 Mai (Reuters) - A produção industrial da zona do euro caiu pelo segundo mês seguido em março, pressionada por todos os setores com exceção de energia, informou a agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, nesta quinta-feira.

Os números indicam que o crescimento econômico geral do bloco, que atingiu a máxima de cinco anos de 0,6 por cento no primeiro trimestre, desacelerou.

A produção industrial dos 19 países que usam a moeda única recuou 0,8 por cento em março ante fevereiro, contra a previsão de economistas consultados pela Reuters de estabilidade.

Na comparação anual, a produção industrial da zona do euro cresceu 0,2 por cento, abaixo da expectativa do mercado de aumento de 1,1 por cento.

A Eurostat também revisou para baixo o número mensal da produção de fevereiro para queda de 1,2 por cento, ante recuo de 0,8 por cento. Porém o número da comparação anual foi revisado para cima para ganho de 1 por cento, contra 0,8 por cento.

O setor de energia foi o único que ampliou sua produção, em 2 por cento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos