BNDES não terá problema de falta de recursos, diz Meirelles

  • André Dusek/Estadão Conteúdo

SÃO PAULO, 1 Jun (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quarta-feira (1º) que não faltarão recursos ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), mesmo após o presidente interino Michel Temer ter anunciado o pagamento antecipado de R$ 100 bilhões ao Tesouro.

Na semana passada, Temer anunciou que o BNDES pagará R$ 40 bilhões à União no primeiro momento e, depois, serão duas parcelas de R$ 30 bilhões cada. No anúncio, o presidente interino já havia afirmado que isso não afetaria a capacidade do banco de fomento de financiar a produção. 

Durante a posse da nova presidente do BNDES, Maria Silva Bastos, Meirelles afirmou que o país precisa ter condições de atrair fontes privadas de financiamento de longo prazo.

No mesmo evento, o ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou que o governo vai lançar medidas para melhorar a governança e transparência das empresas estatais brasileiras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos