Mercado chinês recua apesar de alta do setor imobiliário

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - O mercado acionário chinês terminou em queda nesta terça-feira (20), uma vez que os ganhos das ações do setor imobiliário após dados positivos dos preços de moradia não foram suficientes para compensar a fraqueza em muitos outros setores.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,18%. O índice de Xangai perdeu 0,09%.

As ações do setor imobiliário foram o destaque após dados oficiais mostrarem que o preço médio das novas moradias em 70 grandes cidades chinesas subiram 9,2% ante o ano anterior em agosto, acima dos 7,9% em julho.

O setor imobiliário devolveu parte dos ganhos iniciais mas ainda conseguiu finalizar a sessão com alta de 0,3%, compensando um pouco da fraqueza nos setores bancário e de transporte.

O restante da região apresentou resultados distintos, com os investidores aguardando nervosamente os resultados das reuniões de política monetária dos banco centrais de Estados Unidos e Japão, na quarta-feira.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,16%, a 16.492 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hans Seng caiu 0,08%, a 23.530 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,09%, a 3.023 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,18%, a 3.257 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,49%, a 2.025 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 0,1%, a 9.161 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,09%, a 2.854 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,17%, a 5.303 pontos.

(Por Lisa Twaronite, Samuel Shen e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos