Bolsas

Câmbio

Mercado chinês tem queda; índice asiático fica perto das máximas de 14 meses

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - O mercado acionário chinês terminou esta sexta-feira (23) em queda, pressionado por ações do setor imobiliário diante da realização de lucros após os ganhos significativos no dia anterior.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,47%. O índice de Xangai caiu 0,28%.

A Vanke, peso-pesado do setor imobiliário, recuou 5,6%, devolvendo boa parte da alta de 9,7% vista na quinta-feira.

Os investidores retomaram as apostas de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, está entrando em uma fase de altas muito graduais dos juros.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 0,32%, a 16.754 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,31%, a 23.686 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,28%, a 3.033 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,47%, a 3.275 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,21%, a 2.054 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 0,53%, a 9.284 pontos.
  • Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,38%, a 2.856 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 1,06%, a 5.431 pontos.

(Por Hideyuki Sano, Samuel Shen e Nathaniel Taplin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos