Embraer negocia acordo de layoff para até 2.000 empregados

SÃO PAULO, 10 Nov (Reuters) - A fabricante de aeronaves Embraer informou nesta quinta-feira (10) que iniciou a negociação de acordo de dispensa temporária de funcionários (layoff) com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos.

Segundo a companhia, a proposta contempla a suspensão temporária dos contratos de trabalho por 2 a 5 meses, em grupos. O programa visa a atingir até dois mil empregados, todos da unidade de São José dos Campos.

A duração prevista do programa é de dois anos, começando a partir de janeiro de 2017 e terminando em dezembro de 2018, atingindo inicialmente equipes de produção, mas podendo ser estendido para outras áreas.

A próxima reunião sobre o tema está agendada para 23 de novembro, afirmou a Embraer em comunicado.

(Por Aluísio Alves; Edição Paula Arend Laier)

Embraer paga US$ 200 milhões para encerrar processo

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos