Bolsas

Câmbio

Prazo vence e Correios ficam sem interessado no Banco Postal

Aluísio Alves

  • Folhapress

SÃO PAULO (Reuters) - Os Correios anunciaram nesta segunda-feira (14) que a seleção pública para escolha da instituição parceira para explorar os serviços do Banco Postal foi encerrada sem que nenhum banco mostrasse interesse.

"Permanece em negociação a assinatura de contrato temporário com o atual parceiro, o Banco do Brasil, para manutenção do serviço após o término do contrato atual, em 2 de dezembro", afirmou a empresa de entregas em comunicado.

Segundo os Correios, o contrato temporário terá a vigência de até seis meses, prorrogáveis pelo mesmo período, para garantir a normalidade dos serviços.

Os Correios haviam divulgado em outubro edital para novo contrato de 10 anos do Banco Postal, prorrogável por até mais 10, fixando oferta mínima de R$ 1,2 bilhão pelo negócio.

Leilão

Em 2011, o BB havia vencido o leilão para um contrato de 5 anos com os Correios, com oferta de R$ 2,3 bilhões.

Agora, no entanto, precisando ganhar eficiência e reduzir custos, diante dos efeitos da recessão no país sobre o mercado de crédito, os bancos têm concentrado esforços na expansão das chamadas contas digitais, movimentadas exclusivamente pela Internet.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos