Bolsas

Câmbio

Mercados europeus recuam pressionados por Deutsche Bank

Kit Rees e Danilo Masoni

(Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram nesta segunda-feira com as ações bancárias pressionadas pelas perdas do

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,54 por cento, a 1.473 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,52 por cento, a 373 pontos.

As perdas, entretanto, foram limitadas por novos acordos nos setores de automóveis e gerenciamento de ativos.

O Deutsche Bank recuou quase 8 por cento, sendo o maior peso sobre o índice bancário europeu, que caiu 1,2 por cento.

Os bancos Credit Suisse e Banco BPM também recuaram mais de 4 por cento.

O Deutsche Bank, que também anunciou uma reforma de sua estrutura empresarial e planos para listar seu braço de gerenciamento de ativos para levantar dinheiro extra, iniciará a emissão de ações em duas semanas.

O PSA Group avançou 2,7 por cento após a montadora francesa concordar em comprar a Opel da General Motors em um acordo de 2,2 bilhões de euros.

O acordo vai criar uma gigante regional que será um desafio para a líder Volkswagen, cujas ações caíram 0,8 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,33 por cento, a 7.350 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,57 por cento, a 11.958 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,46 por cento, a 4.972 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,09 por cento, a 19.449 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,06 por cento, a 9.804 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,55 por cento, a 4.634 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos