Encomendas à indústria da Alemanha registram em janeiro a maior queda em 8 anos

Por Joseph Nasr

BERLIM (Reuters) - As encomendas à indústria da Alemanha caíram 7,4 por cento em janeiro, maior queda mensal em oito anos, devido a perdas na demanda doméstica e na zona do euro, mas o Ministério da Economia disse esperar uma recuperação este ano.

A queda vai contra outros dados positivos sobre a economia da região e foi quase três vezes maior do que a expectativa em pesquisa da Reuters, que estimava recuo de 2,5 por cento.

O analista Carsten Brzeski, do ING Diba, disse que embora a queda possa ser explicada por efeitos sazonais e uma correção técnica após a alta de 5,2 por cento em dezembro, a magnitude do recuo sugere que a indústria alemã pode estar tendo dificuldades para ganhar velocidade.

Entretanto, o Ministério da Economia disse que o resultado de janeiro era esperado após o quarto trimestre forte em 2016. A alta de dezembro nas encomendas industriais foi a mais forte desde julho de 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos