Nacionalismo econômico e volatilidade ameaçam recuperação global modesta, diz OCDE

Por Leigh Thomas

PARIS (Reuters) - Uma recuperação modesta em andamento na economia global corre risco diante do nacionalismo econômico e das políticas divergentes de bancos centrais, afirmou nesta terça-feira a OCDE.

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estimou que o crescimento global será de 3,3 por cento este ano, avançando para 3,6 por cento em 2018, inalterado ante as estimativas de novembro.

Para o Brasil, a organização não mudou a projeção de estagnação em 2017, mas melhorou em 0,3 ponto percentual a expectativa de crescimento no ano que vem, a 1,5 por cento.

A economista-chefe da OCDE, Catherine Mann, afirmou que taxas de juros mais altas nos Estados Unidos podem provocar volatilidade nos mercados financeiros, enquanto potencialmente elevam o dólar.

"O nacionalismo econômico é uma questão muito maior porque não sabemos como a linguagem se traduz em política nesse momento", disse ela à Reuters.

Ao atualizar as projeções para as principais economias, a OCDE estimou que os EUA vão crescer 2,4 por cento este ano diante de uma demanda doméstica firme, contra 2,3 por cento em novembro.

Para a zona do euro, a expectativa de crescimento em 2017 foi mantida em 1,6 por cento, mas a OCDE rebaixou a perspectiva para 2018 em 0,1 ponto percentual, a 1,6 por cento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos