Bovespa cai com pressão de commodities; Embraer é destaque positivo

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa operava em baixa nesta quinta-feira, com Petrobras e Vale exercendo as maiores pressões negativas em dia de queda nos preços das commodities, enquanto Embraer liderava a ponta positiva, após balanço.

Às 11:11, o Ibovespa caía 0,25 por cento, a 64.559 pontos. O giro financeiro era de 1,23 bilhão de reais.

O índice caiu nos três pregões anteriores, acumulando baixa de 3 por cento no período.

O cenário político doméstico inspirava cautela em meio à espera pelos pedidos do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para investigar ministros da equipe do presidente Michel Temer e senadores do seu partido PMDB por corrupção, o que pode ocorrer ainda esta semana.

"A iminência da divulgação da lista de Janot traz apreensão em Brasília nesse momento de negociações em torno da reforma previdenciária", escreveram analistas da corretora Lerosa Investimentos, em nota a clientes.

"Encontrando resistência dentro da base, o governo precisa mostrar força nesse momento, e o envolvimento de caciques no PMDB pode atrapalhar a recuperação dos mercados", completaram.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN caía 1,03 por cento e PETROBRAS ON perdia 1,21 por cento, em linha com as cotações do petróleo, que ampliavam as perdas da sessão anterior, depois que estoques recordes de óleo bruto nos Estados Unidos reforçaram preocupações sobre uma oferta global excedente apesar de cortes na produção de alguns países.

- VALE PNA recuava 2,48 por cento e VALE ON tinha baixa de 2,76 por cento, em sessão de nova queda para os futuros do minério de ferro na China, que atingiram mínimas em um mês, conforme investidores reduzem posições após a commodity atingir máximas em vários anos em fevereiro.

- LOJAS AMERICANAS PN recuava 0,99 por cento. A empresa definiu em 16 reais o preço das ações preferenciais de sua oferta primária com esforços restrritos, em uma operação que elevará o capital social da empresa em 2,405 bilhões de reais.

- EMBRAER ON subia 4,47 por cento, liderando os ganhos do Ibovespa, após a empresa reportar resultado do quarto trimestre do ano passado e informar que espera melhora no lucro operacional em 2017.

- HYPERMARCAS ON também figurava entre os destaques positivos, subindo 0,96 por cento após a companhia propor aos acionistas redução de capital e recompra de até 10 milhões de ações.

(Por Flavia Bohone)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos