Primeira fase de Libra vai exigir investimentos de US$5,5 bi, diz Petrobras

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O desenvolvimento da fase 1 da mega reserva de petróleo de Libra, na Bacia de Santos, vai exigir investimentos de 5,5 bilhões de dólares nos próximos cinco anos, disse nesta quarta-feira o presidente da Petrobras, Pedro Parente.

Ele não especificou se os investimentos serão feitos pelo consórcio de Libra ou pela Petrobras, que lidera o grupo formado pelas petroleiras estrangeiras Total, Shell, CNPC e CNOOC.

"A flexibilização do conteúdo local permitirá o início da produção e assegurará o recolhimento de participações governamentais", disse Parente em palestra no Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP), no Rio de Janeiro.

O executivo afirmou ainda que a mudança no marco regulatório do setor de petróleo já está atraindo o interesse de investidores estrangeiros, que têm um janela de oportunidades com as alterações e com as novas rodadas de concessão que serão promovidas pelo Brasil.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos