Aneel estima que fundo CCC pagou R$3,7 bi a mais à Eletrobras Amazonas

BRASÍLIA (Reuters) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) calculou que a distribuidora Amazonas Energia, da Eletrobras, recebeu cerca de 3,7 bilhões de reais a mais em recursos da Conta de Consumo de Combustíveis (CCC) entre 2009 e 2016, segundo nota técnica concluída nesta terça-feira pelo órgão regulador.

De acordo com a Aneel, que promoveu uma fiscalização nos gastos da CCC, um fundo do setor elétrico que destina recursos para custear o funcionamento de termelétricas, a Eletrobras e a Amazonas Energia serão notificadas e terão 15 dias para se manifestar.

Após esse prazo, a área técnica da Aneel pode inclusive exigir a devolução do dinheiro por parte da Eletrobras, uma vez que a estatal é a gestora dos fundos da CCC, informou a agência.

Os valores são atualizados pelo IPCA até fevereiro de 2017.

A Amazonas Energia recebe o equivalente a 70 por cento dos recursos da CCC, que é abastecida com um encargo cobrado nas contas de luz, para subsidiar a geração de energia em regiões do país que ainda não estão conectadas ao sistema elétrico, os chamados sistema isolados, localizados principalmente na região Norte.

(Por Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos