Ceará vê várias empresas interessadas em terminal da Petrobras, afirma empresa

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O governador do Ceará, Camilo Santana, afirmou ao presidente da Petrobras, Pedro Parente, que várias empresas entraram em contato com o governo para manifestar interesse em avaliar participação no terminal de regaseificação de Pecém e na tancagem para armazenamento de líquidos no Estado, afirmou a petroleira em uma nota publicada nesta quarta-feira.

O interesse na venda do terminal já havia sido publicado pela empresa e o processo seletivo teve início no ano passado, segundo a Petrobras.

A Petrobras planeja arrecadar 21 bilhões de dólares no biênio 2017/2018 com parcerias e desinvestimentos, como uma alternativa para reduzir a sua dívida, a maior para uma empresa de petróleo no mundo.

O governador disse ainda a Parente acreditar que seria importante uma maior participação da Petrobras nesses contatos com investidores.

"Parente indicou ao governador que a Petrobras tem disposição em receber os investidores para que possam conhecer a metodologia de parcerias e desinvestimentos da companhia", disse a Petrobras na nota.

O terminal de Pecém é o primeiro flexível de regaseificação de gás natural liquefeito (GNL) no Brasil, tem capacidade de transferir até 7 milhões de metros cúbicos/dia de gás natural para o Gasoduto Guamaré-Pecém (Gasfor). Atende principalmente as termelétricas Ceará e Fortaleza.

(Por Marta Nogueira)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos