Bolsas

Câmbio

Deutsche Bank avalia realocação de milhares de empregos depois do Brexit

FRANKFURT (Reuters) - O Deutsche Bank está considerando se precisa deslocar milhares de funcionários de Londres para Frankfurt após a decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, disse um de seus principais executivos.

Depois que o Reino Unido iniciou as negociações para começar o processo de divórcio com a UE, as empresas financeiras intensificaram o planejamento para lidar com qualquer interrupção que possa ocorrer, como perder acesso ao mercado único do bloco.

"Para as pessoas que trabalham na linha de frente, se quiserem lidar com clientes da UE, precisam estar radicadas na União Europeia. Isso significa que tenho de descolar todas essas pessoas da linha de frente para a Alemanha ou não?" disse a diretora de regulação do Deutsche Bank Sylvie Matherat.

Segundo a executiva, são 2 mil envolvidas. Além disso, a eventual mudança exigiria que o banco construísse sua tecnologia de informação em Frankfurt e dependeria também da posição dos reguladores locais sobre a forma como trilhões de euros em futuros acordos deveriam ser liberados ou processados.

Apesar do Deutsche Bank considerar a mudança, é provável que mantenha uma grande presença no Reino Unido.

(Por Andreas Kröner e Arno Schuetze)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos