Bolsas

Câmbio

Tesouro vai vender cerca de R$3,5 bi em ações do BB

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco do Brasil informou nesta sexta-feira que o Tesouro Nacional vai resgatar cotas do fundo soberano, que resultará na venda de ações do banco ao longo de até 24 meses, em uma transação que pode render cerca de 3,5 bilhões de reais em valores atuais.

A venda será feita por meio da BB DTVM, subsidiária do BB e gestora do Fundo Fiscal de Investimentos e Estabilização (FFIE), cujo único cotista é o Fundo Soberano do Brasil (FSB).

O volume de ações detidas pelo fundo soberano equivale a 3,67 por cento do capital banco, ou 105.024.600 papéis. Levando em consideração o valor de fechamento das ações do banco na bolsa nesta sexta-feira, de 33,11 reais, a operação renderia ao Tesouro 3,48 bilhões de reais.

"O Tesouro Nacional recomendou à BB DTVM (...) alienar as ações do BB da forma mais neutra possível no preço do ativo, com o objetivo de assegurar liquidez em sua carteira compatível com a intenção de resgate de cotas", diz o comunicado.

Em nota separada, o Ministério da Fazenda disse que a recomendação está alinhada com o anúncio de maio de 2016 de que a venda de participações do FSB ocorreria nos anos seguintes, "à medida que as condições de mercado permitissem".

(Por Paula Arend Laier e Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos