Bolsas

Câmbio

Ibovespa opera sem viés pressionado por Vale; BB Seguridade é destaque positivo

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa oscilava entre leves altas e baixas nesta segunda-feira, com as ações da Vale entre as principais influências negativas diante de novo recuo do minério de ferro na China, enquanto BB Seguridade subia após balanço, ajudando a limitar as perdas.

Às 10:59, o Ibovespa subia 0,24 por cento, a 65.868 pontos. O giro financeiro somava 823,5 milhões de reais.

No exterior, a diminuição das incertezas políticas na Europa após Emmanuel Macron confirmar as expectativas e vencer a eleição para a presidência da França também ajudava a reduzir a pressão sobre os mercados.

Localmente, investidores seguem à espera de novidades relativas ao avanço das reformas no Congresso Nacional, principalmente a da Previdência.

"O governo parte para o corpo a corpo para agilizar a tramitação e os mercados vão sentir se este esforço terá êxito para apostar em nova rodada positiva por aqui", escreveram os analistas da corretora Lerosa Investimentos em nota a clientes.

DESTAQUES

- VALE PNA tinha baixa de 1,52 por cento e VALE ON recuava 1,19 por cento, em mais uma sessão de perdas para os contratos futuros do minério de ferro na China.

- BR MALLS ON caía 0,79 por cento, após fechar a sexta-feira com ganhos superiores a 5,5 por cento diante de reportagens informando que a administradora de shopping centers estaria preparando uma oferta de ações. Nesta manhã, a empresa confirmou que contratou bancos para levantar cerca de 1,7 bilhão de reais por meio de oferta pública primária de ações com esforços restritos.

- BANCO DO BRASIL ON tinha baixa de 1,12 por cento, tendo o desempenho mais fraco do setor bancário, após informar que o Tesouro Nacional determinou a venda das ações do BB no fundo soberano, em um programa a ser realizado ao longo de até 24 meses. Analistas do Credit Suisse consideram a notícia marginalmente negativa, mas permanecem otimistas com o papel devido ao valor atrativo e o bom momento para os resultados diante da melhora do retorno sobre patrimônio líquido.

- BB SEGURIDADE ON subia 1,58 por cento, entre os destaques positivos do Ibovespa, após divulgar lucro líquido ajustado de 992,8 milhões de reais, alta de 3,7 por cento sobre o mesmo período de 2016. Analistas do BTG Pactual consideraram os resultados uma surpresa "pequena, mas positiva".

- PETROBRAS PN ganhava 0,77 por cento e PETROBRAS ON tinha alta de 1,15 por cento, em sessão sem rumo claro para os preços do petróleo no mercado internacional, que refletiam dados mostrando que a recuperação das atividades de perfuração nos Estados Unidos se estende por um ano, mas com o movimento limitado pelas notícias de que a Organização de Países Exportadores de Petróleo e outros produtores vão ampliar o corte da produção.

(Por Flavia Bohone; Edição de Gabriela Mello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos