Bolsas

Câmbio

Importações de petróleo pela China caem em abril após recorde em março

PEQUIM (Reuters) - As importações chinesas de petróleo bruto caíram em abril em relação ao recorde de março, uma vez que as refinarias processaram menos durante uma temporada de manutenção, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira.

A China recebeu 34,39 milhões de toneladas de petróleo bruto no mês passado, ou cerca de 8,37 milhões de barris por dia (bpd), uma queda de quase 9 por cento em relação a março.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve uma alta de mais de 5 por cento, enquanto as importações nos primeiros quatro meses do ano subiram 12,5 por cento, para 139,12 milhões de toneladas, ou 8,46 milhões de bpd.

"Abril parece mais como um retorno ao nível normal de importação. As importações provavelmente tendem a diminuir ainda mais nos próximos meses à medida que a temporada de manutenção da refinaria se desenrola e as unidades 'teapots' (refinarias independentes) ficam sem cotas de importação", disse Harry Liu, analista da consultoria IHS Markit.

(Reportagem de Chen Aizhu e Meng Meng)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos