Ministro iraquiano concorda com Arábia para extensão de cortes da Opep por 9 meses

BAGDÁ (Reuters) - O ministro iraquiano do Petróleo, Jabar Ali al-Luaibi, disse nesta segunda-feira que concorda com a Arábia Saudita sobre a necessidade de ampliar os cortes na produção de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) por mais nove meses.

O ministro de Energia saudita, Khalid al-Falih, disse na mesma entrevista coletiva em Bagdá que o primeiro-ministro iraquiano também concordou com a necessidade de estender os cortes da Opep por nove meses.

As restrições de produção existentes por parte dos produtores da Opep e outros produtores não membros deveriam durar os primeiros seis meses de 2017. Uma reunião desta semana da Opep discutirá se os cortes serão estendidos.

(Por Ahmed Rasheed e Isabel Coles)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos