CVM abre mais dois processos administrativos contra JBS

SÃO PAULO (Reuters) - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informou nesta terça-feira que abriu mais dois processos administrativos contra controladores da gigante de alimentos JBS, após o escândalo originado na semana passada pelas delações dos irmãos Joesley e Wesley Batista.

Um dos novos processos "analisa a veracidade da divulgação dos controladores diretos e indiretos, até os controladores que sejam pessoas naturais, da Blessed Holdings (...) a partir de notícias veiculadas na mídia". A Blessed, sediada no Estado norte-americano de Delaware faz parte do grupo de controle da JBS.

O segundo processo envolve a conduta de executivos e controladores da JBS nas negociações para as delações junto ao Ministério Público Federal.

A CVM informou que além destes processos, há ainda outros cinco envolvendo a JBS e outras empresas do grupo J&F, também controlado pelos Batista.

Em nota, a JBS informou que "recebeu as notificações da CVM e vai responder aos questionamentos dentro do prazo estipulado". A empresa disse que "está cooperando completamente com as autoridades para solucionar as questões em aberto".

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos