Bolsas

Câmbio

PIB dos EUA é revisado para cima e sobe 1,2% no 1° trimestre

WASHINGTON (Reuters) - O crescimento econômico dos Estados Unidos desacelerou menos do que anteriormente relatado no primeiro trimestre, mas a fraqueza provavelmente foi um desvio em meio a um mercado de trabalho forte que está próximo do pleno emprego.

O Produto Interno Bruto cresceu a uma taxa anual de 1,2 por cento, em vez do ritmo de 0,7 por cento relatado no mês passado, disse o Departamento de Comércio em sua segunda estimativa nesta sexta-feira. Economistas consultados pela Reuters esperavam revisão para alta de 0,9 por cento.

Esse foi o desempenho mais fraco desde o primeiro trimestre de 2016 e segue uma taxa de expansão de 2,1 por cento no quarto trimestre. O governo revisou a estimativa inicial do crescimento dos gastos do consumidor, mas disse que o investimento em estoques foi muito menor do que o relatado anteriormente.

Mas o ritmo de crescimento lento do primeiro trimestre não é necessariamente reflexo da saúde da economia. O PIB nos primeiros três meses do ano tende a ser menor por causa da dificuldades com o cálculo de dados que o governo reconheceu que está trabalhando para resolver.

O crescimento dos gastos de consumo, que representa mais de dois terços da atividade econômica dos EUA, cresceu a uma taxa de 0,6 por cento, ante 0,3 por cento registrado anteriormente, ritmo mais lento desde o quarto trimestre de 2009, após crescimento robusto de 3,5 por cento no quarto trimestre.

(Por Lucia Mutikani)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos