G7 admite em comunicado divergência com EUA sobre clima

TAORMINA, Itália (Reuters) - Em uma admissão incomum, os líderes do G7 disseram em seu comunicado final no sábado que não conseguiram eliminar as divergências sobre a mudança climática, com os Estados Unidos incapazes de se unir aos demais países para se comprometerem com o Acordo de Paris.

"Os Estados Unidos da América estão em processo de revisão de suas políticas sobre mudanças climáticas e sobre o Acordo de Paris e, portanto, não estão em posição de se unir ao consenso sobre esses temas", afirma o comunicado.

"Compreendendo este processo, os chefes de Estado e de governo do Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e Reino Unido e os presidentes do Conselho Europeu e da Comissão Europeia reafirmam o seu forte empenho em implementar rapidamente o Acordo de Paris."

(Reportagem de Noah Barkin)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos