Bolsas

Câmbio

CVM elege processos da JBS como prioridade, prevê julgar casos da Petrobras em 2017

  • Cadu Rolim/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Os julgamentos de processos e inquéritos abertos recentemente envolvendo a JBS e sua controladora J&F são uma prioridade para a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), afirmou nesta segunda-feira (5) o presidente da autarquia, Leonardo Pereira.

"Abrimos os processos em tempo recorde e queremos julgar tão rápido quanto possível", disse Pereira a jornalistas, após evento na B3.

A CVM instaurou dois inquéritos administrativos contra a JBS na semana passada para analisar a atuação da empresa no mercado de dólar futuro e negociações do acionista controlador com ações da empresa. No total, a CVM já abriu oito processos envolvendo a JBS, após as notícias atreladas à delação de acionistas controladores da companhia.

Segundo Pereira, no entanto, o prazo estimado entre a abertura de processo e o julgamento é hoje de cerca de 18 meses.

Processos envolvendo a Petrobras

Pereira disse também que a CVM deve julgar ainda neste ano processos abertos envolvendo a Petrobras no âmbito da operação Lava Jato desde 2014.

A CVM tem cinco processos sancionadores envolvendo a companhia a partir de denúncias, além de cinco inquéritos administrativos em fase adiantada, e nove procedimentos de análise sobre questões contábeis e de auditoria, desde o início das investigações que revelaram um esquema gigantesco de corrupção envolvendo a Petrobras, políticos e grandes empreiteiras.

Pereira termina seu mandato no próximo dia 14 de julho e um substituto para o cargo ainda não foi indicado.

(Por Aluísio Alves)

Irmãos Batista se envolveram em cinco casos de corrupção em um ano

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos