Bolsas

Câmbio

Vendas da soja 16/17 do Brasil avançam para 58%, mas seguem atrasadas, diz Safras

SÃO PAULO (Reuters) - A comercialização da safra 2016/17 de soja do Brasil atingiu 58 por cento da produção projetada até esta segunda-feira, um índice que reafirma o atraso nos negócios na atual temporada, apontou a consultoria Safras & Mercado em relatório.

Em relação ao total comercializado um mês atrás, houve um avanço de oito pontos percentuais.

Desde 5 de maio, o mercado registrou alguns dias em que as vendas fluíram, principalmente impulsionadas por um dólar mais forte ante o real em meio à crise política no país.

Um dólar mais forte tende a fortalecer preços na moeda local e incentivar negócios pelos produtores, que estão mais relutantes em vender devido a cotações relativamente mais baixas na atual temporada.

Mesmo assim, esse movimento de vendas registrado desde o início de maio não foi suficiente para compensar o atraso nos negócios, o que tem preocupado exportadores.

Em igual período do ano passado, a negociação de soja envolvia 76 por cento da safra anterior, enquanto a média para o período é de 74 por cento, de acordo com dados da consultoria.

Levando-se em conta uma colheita estimada pela Safras em um recorde de 113,4 milhões de toneladas, o total de soja já negociado é de aproximadamente 66 milhões de toneladas.

A safra anterior, por outro lado, foi bem menor que a atual, somando cerca de 95,4 milhões de toneladas, segundo o número do governo.

(Por Roberto Samora)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos