Petrobras retira Andrade Gutierrez da lista de empresas com bloqueio cautelar

  • Renzo Gostoli/Bloomberg

SÃO PAULO, 8 Jun (Reuters) - A Petrobras informou nesta quinta-feira (8) que aprovou a celebração de um termo de compromisso com a Andrade Gutierrez para retirada de bloqueio cautelar que impedia a empresa de participar de licitações da estatal, após a construtora ter assinado um acordo de leniência no âmbito da Operação Lava Jato.

"A Andrade Gutierrez tornou-se elegível para a assinatura do referido Termo por ter firmado acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF) e adotado um conjunto de medidas, que foram verificadas pela Petrobras, por meio de procedimento de 'due diligence' de integridade", disse a estatal em nota.

No acordo de leniência, homologado em maio de 2016, a Andrade Gutierrez, uma das empresas investigadas pela Operação Lava Jato, comprometeu-se a pagar R$ 1 bilhão. A empresa estava impedida de participar de licitações da petroleira desde dezembro de 2014.

Segundo a Petrobras, cerca de 20 empresas ainda estão impedidas temporariamente de serem contratadas e de participarem de licitações da companhia, devido ao bloqueio cautelar decorrente da Lava Jato.

(Por Laís Martins; edição de Roberto Samora)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos