Bolsas

Câmbio

Chilena Corpesca negocia venda de controle na unidade de soja Selecta no Brasil

SANTIAGO (Reuters) - A empresa pesqueira chilena Corpesca afirmou nesta segunda-feira que está em negociações avançadas para vender o controle de sua unidade brasileira de soja Selecta para a coreana CJ Cheil Jedang (CJ), em uma operação avaliada em 214 milhões de dólares.

A Corpesca, que detém 70 por cento da Selecta, disse que a CJ fez uma oferta por 60 por cento das ações de sua subsidiária brasileira.

"Isso resultou em negociações entre as partes, falta resolver algumas questões de contratos... Portanto, o negócio ainda não está fechado ou assinado entre as partes", informou a Corpesca ao regulador local.

A Selecta iniciou suas atividades com produção de sementes de soja e outros produtos agrícolas na região Centro-Oeste do Brasil, tornando-se mais tarde importante fornecedora de outros insumos e compradora de grãos destinados à exportação.

Em 2009, foi inaugurada a planta industrial de esmagamento de soja na cidade de Araguari (MG), o que marcou uma nova fase da companhia com foco na produção de ingredientes de alto valor agregado para indústria de ração animal e de alimentos.

A unidade tem capacidade de processar cerca de 700 mil toneladas ao ano.

Em março de 2013, Corpesca adquiriu 60 por cento da Selecta por 60 milhões de dólares e no final de 2015 comprou mais 10 por cento, num negócio de 25 milhões de dólares.

A Corpesca permanecerá com 10 por cento da Selecta após a venda para a CJ, com a opção de vender a fatia restante para a empresa coreana posteriormente.

(Por Antonio de la Jara)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos