Ações do setor de saúde avançam nos EUA após republicanos enviarem projeto para substituir Obamacare

(Reuters) - O índice de saúde do S&P subiu 1 por cento nesta quinta-feira, atingindo o quinto recorde consecutivo após o lançamento de um projeto pelos senadores republicanos para substituir o Obamacare, enquanto as ações financeiras e de consumo básico terminaram em queda.

O projeto de lei busca reduzir o Medicaid, o plano de saúde para os pobres constante do Obamacare, e reformula os subsídios a pessoas de baixa renda para seguros de saúde privados. O índice subiu 3,9 por cento em cinco dias.

O índice de biotecnologia da Nasdaq subiu 1,3 por cento, para um avanço de 9,4 por cento até agora nesta semana. Embora não estivesse sido claro se o projeto de lei ganharia apoio suficiente para se tornar lei, as ações de medicamentos estavam entre as maiores altas do S&P 500, com o papel da Gilead avançando 4,4 por cento nesta quinta-feira.

"A proposta inicial, penso, é mais generosa e mais positiva para a indústria do que o esperado", disse Jeff Jonas, gerente de portfólio da Gabelli Funds.

O índice Dow Jones caiu 0,06 por cento, a 21.397 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,05 por cento, a 2.435 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,04 por cento, a 6.237 pontos.

O índice de energia da S&P caiu 0,1 por cento após registrar perdas de 3,5 por cento nas três sessões anteriores diante da queda dos preços do petróleo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos