Bolsas

Câmbio

Setor industrial da China volta a crescer em junho, aponta PMI do Caixin/Markit

PEQUIM (Reuters) - O setor industrial da China voltou a crescer em junho, expandindo no ritmo mais rápido em três meses após contração inesperada em maio, uma vez que as novas encomendas e a produção avançaram em um sinal de recuperação modesta, mostrou nesta segunda-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit

Mas embora os mercados comemorem a recuperação na atividade industrial, as empresas mostraram relutância em retomar os estoques já que a confiança caiu para o menor nível no ano em meio ao controle pelo governo dos riscos da dívida e ao aperto das condições financeiras.

O PMI do Caixin/Markit subiu a 50,4 em junho, acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. A leitura ficou bem acima do nível de 49,5 previsto por analistas em pesquisa da Reuters e dos 49,6 em maio, quando foi registrada a primeira contração em 11 meses.

A melhora das encomendas ajudou a levar a atividade de volta a território de expansão, mesmo que as empresas consultadas tenham notado que a demanda ainda permaneceu relativamente fraca tanto no mercado doméstico quanto no internacional.

As novas encomendas subiram para 51,0, nível mais alto em três meses, contra 50,3 no mês anterior, com as encomendas para exportação também subindo.

A taxa de expansão da produção também acelerou em junho, e o ritmo de cortes de empregos, que tem sido persistente desde o final de 2013, diminuiu para o menor patamar em três meses.

(Reportagem de Yawen Chen e Ryan Woo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos