Topo

Bovespa recua 0,14% com pressão de commodities, mas reforma trabalhista e Fed amenizam queda

05/07/2017 17h05

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa fechou em leve baixa nesta quarta-feira, pressionado por perdas em commodities, mas com a aprovação do requerimento de urgência da reforma trabalhista no Senado e a sinalização de que o banco central dos Estados Unidos manterá o ritmo gradual de alta de juros amenizando o tom negativo.

Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou em baixa de 0,14 por cento, aos 63.142 pontos. O giro financeiro era de 6,34 bilhões de reais.

(Por Flavia Bohone)

Mais Economia