Bolsas

Câmbio

Odebrecht pagará U$ S220 mi em multa em investigação no Panamá

CIDADE DO PANAMÁ (Reuters) - A Odebrecht concordou em pagar 220 milhões de dólares em multas e vai cooperar com investigações sobre denúncias de subornos a funcionários do governo do Panamá, disse a procuradora-geral do país nesta terça-feira.

A multa inclui 100 milhões de dólares por uso do sistema bancário para atividades ilegais, disse a procuradora-geral panamenha, Kenia Porcell.

"Essa é uma mensagem clara para todos, que não se pode usar os bancos panamenhos para lavar dinheiro", disse Porcell em entrevista a jornalistas.

Representantes da Odebrecht no Panamá não estavam disponíveis de imediato para comentar o assunto.

A companhia brasileira é acusada de ter pago centenas de milhões de dólares em propina relacionada a projetos de infraestrutura em 12 países, incluindo Brasil, Argentina, Colômbia, México, Venezuela e Panamá, entre 2012 e 2016.

Autoridades do Panamá estão investigando 43 pessoas relacionadas a projetos contratados durante o mandato dos últimos três presidentes do país. As autoridades congelaram 56 milhões de dólares em ativos na Suíça e Andorra relacionados à investigação.

(Por Elida Moreno)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos