Bolsas

Câmbio

BNDES tem condições de captar nos mercados e não vai precisar do Tesouro, diz presidente

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) tem condições de captar recursos nos mercados nacional e internacional, sem necessidade de recorrer ao Tesouro Nacional, disse o presidente da instituição nesta quarta-feira.

Falando em evento sobre finanças públicas em São Paulo, Paulo Rabello de Castro afirmou que o banco tem a intenção de voltar a desembolsar valores próximos de 100 bilhões de reais em crédito, padrão histórico da instituição, em 2018, e que não dependerá de recursos da União para fazê-lo.

"Depois que passar de 100 bilhões (de reais), o banco tem condições e já está se organizando no financeiro para que a gente dependa menos de recursos de origem do Tesouro", disse ele.

"O BNDES tem condições e tem rating para ser prime borrower, tanto no mercado nacional como no internacional, como sempre fez, e há abundância de recursos no mercado internacional. Quem disse que o BNDES vai importunar a viúva, vai importunar a União com mais pedidos de recursos? A gente não precisa disso", acrescentou.

Ele reforçou que o banco de fomento pretende desembolsar este ano um total de 70 bilhões de reais, em cerca de 400 mil operações.

(Por Natalia Scalzaretto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos