Bolsas

Câmbio

Exportação da Opep atinge recorde em julho, diz pesquisa Thomson Reuters Oil Research

LONDRES (Reuters) - As exportações de petróleo pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) subiram para um recorde em julho, impulsionadas por vendas maiores de nações africanas, de acordo com uma pesquisa do Thomson Reuters Oil Research divulgada nesta quinta-feira.

Os embarques de 26,11 milhões de barris por dia (bpd) em julho representaram incremento de 370 mil bpd, puxados principalmente pela Nigéria, que vendeu 260 mil bpd a mais no mês passado.

As exportações do Oriente Médio, por sua vez, caíram para 18,14 milhões de bpd em julho, ante 18,53 milhões bpd em junho, com Arábia Saudita, Kuweit e Catar registrando declínios.

A maior baixa veio da Arábia Saudita, que embarcou uma média de 7,10 milhões de bpd, queda de 360 mil bpd ante junho.

"No acumulado do ano, o país tem média de exportações em 7,26 milhões de bpd, quase 300 mil bpd abaixo da média de 2016, mostrando o compromisso total em conter a oferta. Ainda assim, a oferta permanece persistentemente acima da demanda, com outros membros da Opep sem conseguir limitar suas exportações em linha com a produção", destacou o relatório.

O relatório do Thomson Reuters Oil Research tem como base o rastreamento de fluxos de petróleo bruto e dados de petroleiros.

(Por Amanda Cooper)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos