Bolsas

Câmbio

Produção da Líbia no campo de Sharara volta ao normal após protestos, diz NOC

TRÍPOLI (Reuters) - A produção do maior campo de petróleo da Líbia voltou ao normal depois de ter sido interrompida brevemente por manifestantes armados que entraram em uma sala de controle na cidade costeira de Zawiya, disse a National Oil Corporation (NOC) nesta segunda-feira.

O funcionamento de um oleoduto que combustíveis de Zawiya a Trípoli, também fechado pelos manifestantes, foi retomado, acrescentou o NOC.

O campo Sharara da Líbia produziu cerca de 270 mil barris por dia (bpd), representando cerca de um quarto da produção do país.

O ativo tem sido a chave para um avivamento na produção de petróleo da Líbia, que subiu para mais de 1 milhão de bpd no fim de junho, ante pouco mais de 200 mil bpd no ano passado.

A Líbia foi isenta de um acordo liderado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para reduzir a produção global e reforçar os preços do petróleo, e a recuperação da produção do país do norte da África complicou os esforços do bloco para reduzir a oferta.

O NOC não deu nenhum motivo para o protesto em Zawiya, que começou no domingo, forçando os trabalhadores do setor de petróleo a reduzir gradualmente a produção de Sharara, que está localizado no sudoeste da Líbia.

A NOC opera Sharara em parceria com Repsol, Total, OMV e Statoil.

(Por Ayman al-Warfalli, Ahmad Ghaddar e Ahmed Elumami)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos