Bolsas

Câmbio

Temer diz que "nós contra eles" não pode prevalecer e faz apelo por união

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Michel Temer fez um apelo nesta segunda-feira pela união do país e disse que a "história do nós contra eles não pode prevalecer", no momento em que tenta recuperar a força de seu governo após barrar denúncia de crime de corrupção em votação na Câmara dos Deputados.

"É inadmissível que brasileiros se joguem contra brasileiros", afirmou o presidente em discurso durante evento para assinatura de acordo para a criação de um parque municipal em São Paulo.

Na semana passada a Câmara suspendeu a tramitação da denúncia de corrupção passiva apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Temer com base nas delações da JBS, dando fôlego ao governo para tentar retomar a agenda de reformas.

No evento na capital paulista, Temer acrescentou que o Brasil demanda rapidez e não pode parar.

(Reportagem de Eduardo Simões)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos