Bolsas

Câmbio

Desembolsos do BNDES no ano até julho caem 17%

SÃO PAULO (Reuters) - Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em 2017 até julho caíram 17 por cento ante mesmo período de 2016, a 40,2 bilhões de reais, reforçando os sinais erráticos da recuperação da atividade econômica do Brasil, após dois anos de forte recessão.

Segundo o banco de fomento, o movimento reflete a demanda do passado, uma vez que as consultas para financiamento podem levar mais de um ano para contratação.

"A expectativa é de recuperação gradual da demanda por recursos do BNDES até o fim do ano", diz trecho do comunicado publicado nesta terça-feira

No entanto, as etapas anteriores às do desembolso efetivo também mostraram queda. As consultas tiveram recuo de 12 por cento, enquanto os enquadramentos recuaram 14 por cento, e as aprovações foram 18 por cento menores.

Após ter desembolsado 88 bilhões de reais em 2016, já o menor nível desde 2007, o BNDES prevê para 2017 desembolsar 10 bilhões a menos.

(Por Aluísio Alves e Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos