Investigações da Lava Jato envolvem mais empresas internacionais e países, diz procurador

(Reuters) - A Lava Jato está investigando mais empresas internacionais e diferentes países, afirmou nesta sexta-feira o procurador da República Paulo Roberto Galvão, em coletiva de imprensa sobre nova fase da operação que apura a contratação da fornecedora norte-americana de asfalto Sargeant Marine pela Petrobras.

Segundo o procurador, há indício de pagamento de propinas de empresas internacionais a partidos políticos em troca de contratos com a estatal.

O delegado da Polícia Federal Felipe Pace acrescentou, na mesma entrevista em Curitiba, que não é possível descartar que o esquema entre a Petrobras e a Sargeant Marine tenha continuado além do descoberto até o momento pelas autoridades.

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira simultaneamente duas novas fases da Lava Jato para investigar crimes de corrupção, desvio de verbas públicas e lavagem de ativos na contratação de grandes empresas estrangeiras pela Petrobras.

(Por Maria Clara Pestre e Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos