Bolsas

Câmbio

Bandeira tarifária na conta de energia passa para amarela e reduz custo, diz Aneel

SÃO PAULO (Reuters) - A bandeira tarifária na conta de energia para setembro será amarela, o que indica um menor custo para os consumidores em relação a agosto, quando houve bandeira vermelha, informou nesta sexta-feira a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Na bandeira amarela, há um acréscimo de 2 reais a cada 100 kWh. Na vermelha, há um custo de 3 reais a cada 100 kWh (Patamar 1).

"O fator que determinou a bandeira amarela foi a melhora das condições hidrológicas nas regiões Sul e Sudeste", afirmou a Aneel.

Segundo o relatório do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema (ONS), o valor da usina térmica mais cara em operação é de 411,92 reais/MWh, o que determinou a redução da bandeira vermelha para a amarela.

(Por Roberto Samora)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos