Bolsas

Câmbio

Wall St sobe com dados econômicos e expectativa de reforma tributária

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos encerraram a quinta-feira em alta com os investidores reagindo aos dados econômicos e aproveitando de forma cautelosa as últimas promessas de Washington de detalhes de um plano de reforma tributária.

O índice Dow Jones <.DJI> subiu 0,25 por cento, a 21.948 pontos, enquanto o S&P 500 <.SPX> ganhou 0,57 por cento, a 2.471 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq <.IXIC> avançou 0,95 por cento, a 6.428 pontos.

O S&P 500 teve um impulso nesta semana, alcançando cinco dias de ganhos pela primeira vez em três meses, já que os investidores demonstraram confiança um dia depois de o índice ter fechado acima da média móvel de 50 dias. Este foi um nível técnico que mostrou resistência na semana passada.

"As pessoas estão voltando de férias e percebendo que o mercado ainda está perto das suas máximas de todos os tempos, e que um furacão e toda a fúria da Coreia do Norte não impactaram isso", disse Michael Antonelli, diretor-gerente da Robert W. Baird, em Milwaukee.

No mês, o S&P subiu 0,05 por cento, enquanto o Dow ganhou 0,28 por cento e o Nasdaq avançou 1,27 por cento.

O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse nesta quinta-feira que o governo do presidente Donald Trump tem um plano detalhado para a reforma tributária e está no bom caminho para implementá-lo até o final do ano.

Na quarta-feira, Trump reiterou o seu pedido de redução da taxa de imposto corporativa dos EUA para 15 por cento, de 35 por cento.

Os dados divulgados nesta quinta-feira mostraram que a inflação anual avançou no seu ritmo mais lento em mais de um ano e meio, reduzindo as expectativas de um aumento da taxa de juros em dezembro. E os gastos dos consumidores dos EUA, que representam mais de dois terços da atividade econômica dos EUA, aumentaram 0,3 por cento no mês passado em comparação com as previsões de alta de 0,4 por cento.

Dez dos 11 principais setores do S&P avançaram, com o índice de saúde <.SPXHC> subindo 1,5 por cento e liderando entre os sotres que tiveram alta.

O ganho de 1,5 por cento da UnitedHealth <.UNH.N> proporcionou o maior impulso ao Dow. O índice de biotecnologia do Nasdaq <.NBI> subiu 2,8 por cento, com os maiores impulsos provenientes de Gilead , Celgene e Biogen , que aumentaram mais de 3 por cento.

(Por Sinead Carew)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos